7 de abr de 2015

6 Interessantes curiosidades sobre o esperma


Com mais de 200 milhões de espermatozóides brigando para fecundar o óvulo, o esperma pode-se dizer que é a chave da perpetuação. Talvez o seu professor de biologia já comentou alguns pontos sobre o assunto, mas se você faltou a aula não se preocupe, aqui vão 6 curiosidades pra deixar você por dentro do assunto. Confira.
1-Aparência

Se você pensava que os espermatozóides são exatamente daquela forma que estamos acostumados a ver corpo fino e cabeça grande se enganou. Geralmente somente um terço dos milhares produzidos, estão  exatamente da forma que vemos. O resto é de duas ou mais cabeças ou com mais de um corpo.

2- Alimentação

Você é o que você come! Você sabia que a quantidade e a qualidade dos espermatozóides podem ser boas ou ruins dependendo da alimentação. Pois é. Em um estudo realizado em 2012 mostrou que homens com mais de 44 anos que consomem muita vitamina C, podem ter cerca de 20% a menos de danos no DNA dos espermatozóides do que homens que não consomem ou consomem em menores quantidades. Com a vitamina E se observam os mesmos efeitos. Verduras, vegetais, frutos são bons aliados para melhorar a quantidade do esperma.

3- Descoberta 

Em 1677 o holandês Antony Van Leeuwenhoek, fez o primeiro registro de até então "animais minúsculos que se movimentavam como enguias". Leeuwenhoek construía microscópios e estudava pequenos organismos. O esperma usado no registro, foi dele mesmo que afirmava que não foi de uma tal masturbação, mas sim de relações co a sua esposa.

4- Mulheres X Sêmem

Pode parecer estranho mais 5% das mulheres, tem alergia a sêmen. Para se ter uma idéia, cerca de 30 mil mulheres nos EUA sofrem reações alérgicas ao sêmen de seus maridos. Afirma o Dr Andrew Goldstein do centro médico da universidade de Cincinnati nos EUA.

5- Sabor

De acordo com a sexóloga Margareth Labate, o gosto do esperma muda de acordo com a alimentação."Existem alguns estudos que dizem que o gosto do esperma se altera de acordo com o que se come. É, na verdade, o mesmo princípio que também modifica a composição do leite materno. De acordo com essas pesquisas, o sêmen de quem ingere comidas muito condimentadas ou fuma e bebe, é mais amargo. De toda maneira, ainda não há nada muito desenvolvido sobre esse assunto", comenta.

6- Tempo de vida

Depois da ejaculação, os espermatozóides podem viver por até cinco dias dentro do corpo da mulher, mais essa vantagem e só para aqueles mais "fortões", a media normal e de 48 a 72 horas, ou seja nesse pequeno momento de sobrevida do espermatozóide, a mulher pode engravidar mesmo fora do período fértil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar...